quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Retrospectiva 2010

Olá galera! Chegando ao fim de ano que foi além dos meus limites ou no limite.


Um ano surpreendente cheio de desafios, novidades, alegrias e tristezas e, sobretudo um ano de muito amadurecimento


.

Começando o ano de 2010  no Litoral Norte. Muitas expectativas e planos para o início do ano...

Viagem a Minas Gerais com os amigos que fizeram muita diferença no meu ano...



Viagem para Holambra e início de uma fase difícil...


Ganhei o Júlio, que passou a ser um amigo incomparável...


Nascimento da Lara: um dia muito feliz. Como foi bom presenciar a emoção dos meus amigos...



O convite para sermos padrinhos do Guilherme. Aí meu Deus como sonhei com a carinha dele. Neste dia chorei muito, além do convite, pude renovar uma amizade muito especial.




Viagem para a Europa: um sonho, um presente de Deus, não sei nem definir, mas sem dúvida um grande desafio, ficar vinte dias fora de casa, longe das pessoas que amo, exatamente no momento mais difícil da minha vida.

Nascimento do nosso querido afilhado, Guilherme. O Gui nos trouxe muita alegria.



Viagem para Buenos Aires. Semana de estudos com as amigas do Consa.



Conclusão do trabalho na equipe piloto 2009/2010. Glória a Deus!



Clonclusao de mais um ano de trabalho.


Enfim, estes são apenas alguns fatos que marcaram meu ano, sem dúvida muitas outras coisas aconteceram, mas o que importa mesmo é terminar este ano com saúde, paz e principalmente com uma nova visão da vida.

 Que o próximo ano seja cheio de amor, paz e tudo mais que nos leve a felicidade plena em Deus.


Obrigada a todas as pessoas que passaram por minha vida e por todas que deixaram marcas importantes.
bjinhus e Feliz 2011

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Fiquei com muito medo

Depois de um dia tumultuado (ontem) fui para meu curso, firme e forte mesmo na semana de Natal e com um baita sono fui. Quando voltava pensei... Hum mensário da Larinha preciso ir lá, então fui.


Depois de alguns minutos o cansaço bateu e pensei vou embora.


Derrepente, começou uma chuva horrível, que de verdade e sem exagero nunca vi igual ou ao menos não me lembro.


Pensei: e agora paro o carro? Enfrento as ruas alagadas? Choro? O que faço?


Enfrentei e sem enxergar nada e orando muito cheguei em casa, abracei meu esposo e lhe disse: amor que medo, o que é isso, olha na janela, entre outras coisas.


Bom, aos poucos o telefone começou a tocar e as noticias foram chegando, casa alagadas, famílias perdendo tudo, ai que medooo.


Hoje pela manhã o barulho dos helicópteros assustava e ao ligar a televisão, tive a certeza de que não estava exagerando a chuva foi mesmo muito forte.


Hoje, trabalhei triste com as notícias e fiquei deprimida ao pensar que muitas famílias vão passar o Natal tão tristes.


A chuva está começando novamente e eu estou com medo, medo de ver pessoas sofrendo, assustado com esse helicóptero...


O que fazer? Não sei.


Mas peço a Deus que dê muita força a essas famílias e que nos proteja sempre de todo mal.






sábado, 18 de dezembro de 2010

Isso vai passar

Tenho saudades de mim


Onde a vida corria sem fim


E a força das emoções


Soltava em jorradas


Gargalhadas,


Lágrimas e palavras


Em mil sensações.

Tenho mesmo saudades de mim...

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Missão realizada



Olá, quanto tempoooo! Estava tentando escrever há alguns dias, mas não conseguia.



Primeiro quero agradecer muito ao meu querido Deus por ter nos dado forca, para concluirmos a nossa gestão na eq. Piloto. Confesso que não foi fácil, muitas vezes, me senti extremamente cansada e não conseguia ver o fim de tudo, outras vezes, questionei coisas e pessoas e outras, me senti extremamente mergulhada na presença de Deus.



Sem dúvida, este trabalho me trouxe amadurecimento em diversos aspectos e me trouxe um autoconhecimento muito importante para minha vida.



Louvo a Deus pelas pessoas que marcaram essa coordenação e louvo a Deus por cada um dos jovens que passaram pelo encontro nestes dois anos.



Citar nomes é bem difícil, mas vamos vê se consigo contemplar ao menos aqueles que nos ajudaram no pós encontro no qual acredito que é importantíssimo para o inicio de uma caminhada.



Claudia e Adriano



Priscila e Rogério



Jaiane e Eduardo



Juliana



Carla e Igor



E todos que fizeram parte destas coordenações nosso muito obrigada.



Deus seja sempre louvado...

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Momento mágico! El Zorro

Há mais ou menos duas semanas, meu marido me ligou e disse: Tati no dia 31/10 temos um passeio marcado, um teatro topa? Eu lhe respondi que sim.

Bom eis que chegou o dia; fomos ao teatro no shopping Eldorado (Buiu, Tati, Alexandre e Flávia), logo quando chegamos encontramos mais três casais entrando no estacionamento (Alexandre, Fernanda, Jacson, Fabiane, Luiz e Fabi) dai pensei, caramba que coincidência é essa? Fomos à entrada do teatro e derrepente chegaram outros dois casais (Edinho, Luciana, Rubens, Solange) Ah! Dai isso começou a ficar estranho não?

Então a Flá sacou e me disse: Tati eles combinaram kkakakakaka... E não é que era isso mesmo, antes mesmo de concluirmos essa fala chegaram outros tantos casais e cada um que chegava a surpresa era muito boa, pois todas nós mulheres, não sabíamos de nada.

No final eram vinte e um casais, todas foram enganadas pelos maridos hehehehe! Muito bom, assistimos o musical do Zorro, que achei o máximo.
Depois cada uma ganhou uma cesta de chocolates e fomos comer na hambúrgueria nacional.
Caracas! Como eles conseguiram esconder este segredo? Como conseguiram ser tão organizados?
Como conseguiram proporcionar um momento único como esse?
Hum, não sei as respostas, mas sei que foi o máximo!


Tatiane e Buiu
Flávia e Alexandre
Fabiana e Luiz
Fabiane e Jacson
Fernanda e Alexandre
Daniele e William
-------  e Tiao
Lucina e Edinho
Solange e Rubens
Fabiana e Guigui
Patty e Claiton
Rose e Adilson
Aline e Daniel
Cassia e Fábio
Lela e Roger
Joice e Marcos
Aninha e Rogério
Aninha e Sérgio
Preta e Antonio
Alexandra e Fernando
Lilian e Fábio






quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Qual é a marca?

Faz tempo que não passo por aqui...
Hoje me despertou uma vontade de escrever!

Primeiro, vamos a uma novidade, estou indo a academia, por enquanto, apenas para fazer exercícios aeróbicos, não suporto puxar peso, credo, tenho pavor daqueles aparelhos, já desisti de fazer academia várias vezes, mas desta vez será diferente, espero rsrsrs!
Hoje eu estava na esteira caminhando e correndo, num super pique, de repente uma moca que estava ao lado, sorriu e me disse: que bonita sua calca, qual é a marca?
Muito sem jeito lhe respondi nome da marca e me concentrei no exercício. Depois fiquei pensando por um tempo, caracas como as pessoas super valorizam marcas, preços de roupas e etc.

E se não fosse de marca? No caso até era... E se eu tivesse comprado em uma loja que ao falar o nome, tivesse que falar até onde fica, pq a pessoa provavelmente não saberia, pois não seria famosa?

Bom, no fim pensei que, não nego gosto (algumas vezes) de comprar algo que tenha marca, mas nem sempre é pela marca e sim, pq gosto do que compro, sim já comprei coisas caras e baratas, mas sempre compro o que gosto.

Muitas vezes compro roupas em lugares que depois nem lembro mais o nome da loja. Ora mais que bobagem, para que valorizar tanto uma etiqueta.
Pensando em tudo isso, logo me lembrei de outro fato e consequentemente fiz uma analogia.

Há três semanas fiz uma boa faxina no meu guarda- roupas e me desfiz de muita coisa sem utilidade, mas que eu guardava somente porque eram:


• Roupas boas e que tinham custado caro (e que eu já não usava mais há tempos)

• Roupas guardadas para “o caso de” (e que eu já não usava mais há tempos)

• Roupas que tinham um valor sentimental (ganhei de...)

Além do alívio que senti ao ver que podia viver sem elas, percebi que, com o guarda-roupa mais vazio e mais organizado, podia reencontrar peças queridas, mas que estavam perdidas embaixo das outras.
Fiquei pensando… se isto acontece no nível físico será que não é o mesmo com nossas emoções? O quanto de nós não fica bagunçado por excesso, pelo acúmulo do desnecessário? Quanta coisa boa escondida embaixo de outras nem tanto?
Sentimentos que já deveriam ter sido descartados faz anos, continuam ali, ocupando espaço e impedindo que o que de fato gostamos possa aparecer.
Limpar, doar e organizar não deve se ater somente aos armários. Devemos fazer o mesmo com nosso coração, com nossa alma.
Ressentimento, mágoas, tristezas e raiva tiram a atenção do que realmente vale a pena.
Acho que estou tentando fazer isso aos poucos, porque convenhamos que não será tão rápido como organizar um guarda-roupa, isso talvez demore um pouco mais né? Mas precisamos fazer.
Beijinhos

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Buenos Aires

Na quarta- feira, dia 06/10 tinha uma viagem marcada rumo Buenos Aires. Meu dia foi tão corrido, tanta loucura que quando cheguei ao aeroporto, percebi que estava sem o documento. Meu Deus que desespero, não acreditava que aquilo estava acontecendo, mas era isso mesmo teria que remarcar meu vôo. Deu-me uma vontade de desisti, mas depois de alguns minutos já estava mais calma e pensando que não poderia perder aquele curso.

Na quinta- feira, lá estava eu novamente esperando para embarcar e dessa vez deu certo.
Perdi a abertura do curso, mas aproveitei os outros dias. Adorei, valeu muito a pena o curso contribuiu muito, para algumas reflexões.



ENCUENTRO INTERNACIONAL - “El enfoque de Reggio Emilia en la educación: experiencias en diálogo”

Agora, quando Deus permitir quero ir à cidade de Reggio Emilia na Itália, para conhecer o trabalho mais de perto.


Um pouco de Reggio:

A proposta pedagógica das escolas da infância de Reggio consiste em criar constantemente uma rede de comunicação e paz. Os diálogos desenvolvidos entre criança-criança, criança-professor e entre professores são essenciais e diferem enormemente dos espaços onde todos falam e ninguém ouve. Em Reggioprojetos, relatórios e diários.
Como a preocupação fundamental é a unidade entre educação e cultura, as crianças e a escola têm contato estreito com toda forma de representação da cultura: teatro, cinema, shows, concertos, exposições, etc. As atividades culturais da cidade e do país são veiculadas em forma de cartazes que, harmoniosamente, são afixados nos murais da escola. A escola, por sua vez, está representada na sociedade pelos desenhos das crianças, que ilustram: folders de hotéis, lojas, a lista telefônica, bem como a possibilidade de decorar lojas da cidade com “obras infantis”, num intenso movimento de diálogo e participação escola-sociedade.
Diferente de muitos trabalhos dos quais temos conhecimento, as crianças nas escolas de Reggio se comportam como protagonistas nos projetos desenvolvidos; ela não são “atores” nos trabalhos desenvolvidos, mas sim autores. A criança, em Reggio, é vista como competente forte e rica – uma criança produtora e não apenas usuária de cultura. Essa postura ratifica a idéia de educação da infância e não educação pela infância, porque não é o adulto que faz para a criança. Ele é o mediador dos desejos e das necessidades das crianças.
A ambientação e o espaço físico são planejados para facilitar o diálogo e a comunicação entre os vários ambientes.

Enfim... Tudo muito bacana



Atualizando

Olá, quanto tempo!

Tantas coisas aconteceram. Primeiro, quero contar um pouco sobre meu níver que foi em 29/09. Um dos melhores aniversários que tive, isso pelo fato de está com outras ideias e expectativas sobre a vida, experiências que me fizeram vivenciar e comemorar um aniversário, totalmente agradecida pelo dom de minha vida. Viver, estar aqui e poder contemplar as maravilhas de Deus em minha vida, ah! Isso me basta.
Tive uma festinha no trabalho e a noite fui comemorar com uns amigos no outbaack, lugar que adoro a culinária.

Recebi diversas ligações e recadinhos. Durante a comemoração, fui ao banheiro e ai, ai deixei meu celular cair no vaso sanitário, depois disso não falei com mais ninguém, mas tudo bem.

Até hoje estou sem celular, sei que preciso me organizar para comprar outro, mas se eu pudesse ficaria sem, aff, às vezes canso de atender telefone, para falar a verdade não gosto muito, prefiro uma conversa pessoalmente.

Com mais este aniversário, pensei no quanto pude amadurecer nos últimos meses.

O amadurecimento é a descoberta de um eu profundo, jovem, novo e sedento do novo. Isso porque aos poucos o nosso olhar muda, passamos a ver a vida sob um ótima mais amena, menos rigorosa, mais terna e mais valorizadora dos pequenos encantos do cotidiano, antes quase imperceptíveis.

Amadurecer/Crescer significa também ramificar e se abrir, expor ao mundo, ao vizinho, ao amigo, ao colega de trabalho a riqueza de nossas experiências. Isso é saber amadurecer junto, trocando, cedendo, doando parte de sua alma ao mundo, que como cada um de nós também amadurece.

Amadurecer é ir ao encontro do outro menos desarmado já que a vida urge e não viemos ao mundo apenas para guerrear, precisamos também de paz.

Amadurecer é não só aprender com os erros a não repeti-los, mas, sobretudo perceber que errar é inerente à natureza humana e, assim, devemos ser mais flexíveis com os que erram conosco.



E como  afirmou Drummond: “Aprendi novas formas de amar e tornei outras mais belas”.

sábado, 25 de setembro de 2010

Niver chegandoooo!

Olá! Quanto tempo não posto nada. Bom na verdade continua minha intenção com o blog: Postar somente quando tiver vontade de escrever, meu blog não é uma obrigação, mas estava com saudades!



Hoje, pensei que este é um bom lugar para refletir um pouco sobre a data que se aproxima (Meu aniversário). Na próxima quarta-feira dia 29/09 estarei fazendo 27 anos, caramba como o tempo passa rápido.


Esse ano, foi cheio de surpresas boas e algumas desagradáveis, mas em resumo todas foram muito proveitosas e importantes para meu crescimento.


Vejamos:


- Ano novo no apartamento novo;


- Alguns problemas de saúde que me limitaram mais;

- Ganhei um cachorro;


- Ganhei um afilhado e uma afilhada;


- Recuperei duas amizades importantes;


- Uma viagem maravilhosa para a Europa;


- E logo, logo uma viagem para a Argentina...


Essas são algumas coisas que já marcaram meu ano até Setembro, sei que ainda tem muita coisa para acontecer, mas meu ano já está perfeito...


Só posso agradecer a Deus por tudo, Família, amigos, trabalho, saúde, enfim!


Voltando ao meu aniversário, quero fazer um convite às pessoas que apreciam minha amizade e que me acompanham.


Vou comemorar fora de casa esse ano, estarei esperando meus convidados a partir das 19h30 min.



http://www.outback.com.br/
 

Bjinhus

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Insônia/ Quando a noite cala o coração fala

Caracas! Mais uma vez a tal insônia me acomete.

Hoje, não via à hora de chegar em casa, estava febril, com dor no corpo e na cabeça e aqui estou na minha casa, porém sem sono. Ai, ai... Só vou consegui dormir se tomar algo para me dar sono, mas não quero tomar remédio, não quero tomar essas medidas quando não consigo dormir.

Sempre que tenho insônia, coloco uma palestra do PE. Fábio de Melo e pego no sono, mas hj nem isso deu certo, então vim no meu blog  escrever, sei que há essa hora ninguém deve está acordado, mas eu estou e preciso fazer algo para preencher esse tempo rsrsrs!

O que faço? Um chá? Uma oração? Sei lá...
bjs

sábado, 28 de agosto de 2010

PARA O ALTO E EM FRENTE

Alguém já assistiu a um filme chamado (UP uma aventura incrível)? Quem não assistiu recomendo, ele é infantil e tem uma mensagem simplesmente mágica.
Tudo começa com a história de amor entre Carl e Ellie, que teve início na infância dos dois e dura até a velhice. Após a morte dela, Carl – agora um senhor de 78 anos – decide partir para a sua mais incrível aventura: ele amarra dezenas de balões na casa em que morava com a esposa e parte para um paradisíaco local na América do Sul, inspirado num antigo sonho do casal. A descrição desta história é uma viagem incrível pelo tempo e uma ótima forma de abordar o ciclo da vida com a criança. A única coisa com a qual Carl não contava era com a inesperada companhia de Russel, um menino excessivamente otimista e que não para de falar um segundo sequer. E surge aí uma estranha amizade que não se preocupa com o politicamente correto e nos mostra uma série de questões sobre nós mesmos.
Logo nos primeiros minutos do filme eu chorei, achei tudo muito bacana, a forma como se conheceram o sonho que tinham de serem pais, mas não conseguiram, até que a morte chegou para ela e o velhinho decidiu realizar um velho sonho dos dois.
Nossa já fico pensando em tantas coisas, como ideias que construímos sobre a vida e planos que ao longo da jornada nem tudo acontece como foi planejado. E o mais legal é perceber que sempre a tempo para realizar algo que nos traga a felicidade.

Enfim adoro esse filme.



Estive sumida, fazendo muitas coisas como sempre.

Também passei, para falar sobre o outro fim de semana, o que passou, participei de um retiro chamado INSIDE, que foi uma bênção, tive a oportunidade de fazer uma pregação que mudou muitas coisas dentro do meu coração. Além disso, tive a reunião com os coordenadores gerais do próximo encontro de jovens e lá vamos nós, rumo ao 53 F.S.J.C que será nosso derradeiro como pilotos. Já dá uma saudade, mas tenho certeza de que fizemos o melhor e estou bem tranqüila quanto essa coordenação que está findando.



Mudando:

Semana passada, recebi a notícia no trabalho que vou fazer um curso de quatro dias em Buenos Aires, fiquei muito feliz e sonhava em fazer esse estudo há três anos, Glória a Deus!

Nossa esse ano realmente tem sido cheio de surpresas, cheio de diferenças e experiências...

Um super abraço.

Tati Carol

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Mais ou menos...

Não estou muito bem, passei o domingo e a segunda feira, bem mal e não fui trabalhar, aff! É horrível ficar assim, mas já estou melhor e amanha se Deus quiser vou cumprir minha missão com meus pequeninos alunos.
Mas tenho que dizer uma coisa, depois de um dia inteiro na cama, resolvi olhar meu orkut e lá encontro um recado que me alegrou muito:

Oi Tati!!!
Estou passando para lembrá-la que é uma pessoa linda!!! Não somente no externo, mas no seu interior!!! É uma grande referência em nosso meio!!! Tenho pensando em ti!!! Sei que algumas coisas acontecem nos dando ao entender que somos fracos, porém, acontecem para demonstram o quanto somos fortes dotados de sensibilidades!
Imenso abraço,

Bom, esse foi o recado que fechou minha noite, até pq hoje precisei tomar uma decisão importante e conversando com um amigo sobre isso, eu lhe dizia, como é ruim saber que as pessoas esperam de vc, aquilo que eu acho que nao posso dar.

E o recado da Jussara, confirmou em meu coração, a decisão que eu precisava tomar.
Jussara como você é uma fofa, obrigada pelos pensamentos e oracoes.
Bjinhus
Tati Carol


















Ju

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Nao aguento! Obrigada Deus

NAO AGUENTO, esse é o tema do meu post, e sabe pq?

Porque este ano já vivi e ainda estou experimentando coisas novas, que nunca tinha sentindo, algumas foram boas me ajudaram a crescer, outras doeram , foi difícil, mas necessárias, outras eu tentei não enxergar, mas foi impossível, precisava olhar e encarar a minha vida de frente, olhar para meus erros e reconhecer que não sou perfeita e que não existe ser humano perfeito. Também me permiti mais, me amei mais e aprendi a amar as pessoas mesmo com tantos defeitos.
Por exemplo, hoje consigo olhar para algumas pessoas e sem ilusões enxergar seus defeitos, mas, sobretudo suas qualidades, acho que estou caminhando neste sentido, rumo a um coração melhor.
Estou aqui, na internet claro! Pesquisando algumas coisas, parei para assistir um vídeo que uma amiga, já tinha comentado que era bem bacana, mas caramba não imaginava que seria tão emocionante assistir a esse vídeo. O mesmo me fez refletir sobre algumas coisas em minha vida.

Copiei a letra, mas o vídeo é lindo


http://www.youtube.com/watch?v=Kt1Izjm6G6Y
Sei, já não são meus, vento levou

Tempos que não mais voltam e então
O que eu fiz por mim e por quem amei
Só desilusão, reconheci
Não construi o que planejei
Pouco abracei e não ofereci perdão
Já não alcanço o passado
Meus limites reconheci
O hoje é tudo o que tenho, isso entendi
Preciso trazer a memória histórias que desprezei
Não posso me esquecer, tenho que oferecer
Flores em Vida
Enquanto e dia
(Baruk)
 
Hoje, tive um dia muito difícil e depois do trabalho, fui acalmar meu coração em um lugarzinho pequeno, aconchegante e que está preparado para esperar um anjinho, este lugar foi o quarto no meu afilhado Guilherme, fui conhecer o espaço que está preparado para recebê-lo, depois disso fui confortar-me em outro lugar, na casinha da minha mãe, fui tomar um caldo verde e sentir o aconchego da minha família, para terminar minha noite fui levar meu pequeno Júlio no Pet shop ele estava muito sujo, precisava urgentemente de um belo banho.

Ah! Esse pequenino não posso nem falar muito pq me derreto toda, amo meu cachorro, algumas pessoas criticam, mas quem está ao meu lado de verdade sabe o quanto esse cão me ajudou, e que ele chegou a minha vida no momento ideal. Alguns perguntam: e a criança quando chega, deixa o cachorro de lado e tenha logo um filho e eu respondo, Não! O Júlio não é nem de longe a projeção de um filho, e só terei filhos quando me sentir com mais maturidade para isso. Já estou me preparando para ser mãe, mas essa preparação durará um tempo, quero muito, amo crianças, quero ser uma ótima mãe, que Deus me de essa graça, quando for da vontade dele.
Enfim, com tudo isso pensei demais hoje, nas coisas que me aconteceram esse ano e quero mais uma vez aproveitar esse espaço para agradecer as pessoas que estiveram e ainda estão ao meu lado e que me ensinaram a entender mais uma vez que tudo vai passar.

Obrigada, Deus por mais um dia.

domingo, 8 de agosto de 2010

Meu cachorro, meus amigos...

Hum! Demorei para escrever no meu blog, as aulas voltaram, estava sem net e cansada com a rotina diária, já que no segundo semestre passamos por uma readaptação.

Mas resolvi escrever sobre outras coisas. Como alguns já sabem, tenho um lindo cachorro, que é um companheiro, amigo e carinhoso, não dá nem para explicar. Olhando para o Júlio meu cão, comecei a fazer algumas analogias, como sempre rsrrsrs!

Quando pensamos em animais domésticos, logo nos lembramos de cachorros e gatos porque são mais comuns dentro de casa ou apartamento.

Para ter um cachorro, por exemplo, não basta escolher o mais bonitinho. Acho que o cachorro tem que ter um temperamento que combine com o espaço e com sua família humana.

Eu escolhi um cachorro... Um lindo Lhasa-apso e seu nome é Júlio.

Cachorros são carinhosos: fazem festa quando chegamos, cobram atenção, querem estar sempre junto, têm prazer em participar da nossa vida. Por isso, são ótimos. Os felinos, por sua vez, são desapegados, práticos e individualistas. Já tive um gato quando solteira, seu nome era MIMI.

Um gato chega junto, marca presença ou pede colo só quando quer. Quando não está a fim, ou quando não está precisando de nada, sai à francesa, vai pro canto dele e nem dá confiança ao dono. Às vezes, aparece só para comer e em seguida some novamente. Independente por natureza adapta-se bem àquele perfil de dono que passa o dia fora, não tem saco ou disponibilidade para viver grudado.

Essa mesma dicotomia me ajudou a projetar nas minhas amizades.

Pensei que existe amigo-cão e amigo-gato. Os amigos-cão é aquele, com quem você fala o tempo todo; vocês se telefonam e se vêem a qualquer hora, mesmo sem ter um grande motivo para isso - o desejo de estar junto e dividir as bobagens do dia-a-dia já são suficientes. São pessoas que estão sempre por dentro da sua vida, porque os caminhos andam juntos naturalmente (ainda que com eventuais desencontros ao longo do tempo). Com eles, você sabe que pode contar sempre, nos bons e maus momentos, sem pudores, frescuras ou cerimônias. São grandes companheiros.

Já os amigos-gatos dão as caras apenas quando querem. Vocês se encontram, conversam se divertem e é ótimo. Depois, eles podem desaparecer por semanas ou até meses, e nem mesmo uma ligação ou e-mail podem abreviar o sumiço: eles não vão retornar seu contato. Por isso, se a questão for urgente, não peça socorro para eles - você corre um sério risco de ficar na mão. Isso não quer dizer, porém, que eles não se importem ou não gostem de você. Ou que as atenções deles sejam insinceras e movidas por interesse. Como os felinos, eles prezam demais a própria liberdade, o direito de ir e vir como bem entenderem, e não toleram pegação no pé.

Se o segredo da boa convivência passa pela aceitação das diferenças do outro, entender os amigos é fundamental para evitar desgastes. A combinação mais delicada e sujeita a instabilidades climáticas é aquela em que alguém com perfil de cachorro se relaciona com um amigo-gato. O temperamento afetuoso e, em certa medida, emocionalmente dependente do sujeito acaba exigindo da amizade uma presença e um nível de troca que o amigo-gato não está disposto a dar, porque não é do seu feitio, é contra a sua natureza.

Convém fazer um esforço extra para enxergar o outro como é, resistir ao impulso de moldá-lo aos nossos valores e compreender que certos gestos e atenções devem ser espontâneos. Nem todo mundo é capaz de preencher todas as nossas necessidades; para algumas delas, é melhor poupar frustrações e contar logo com um amigo-cachorro. Uma atitude muito mais sábia do que passar dias e noites a fio tentando ensinar um gato a sentar e dar a pata.

Eu, não tenho dúvidas de que algumas vezes sou uma “amiga-cachorra” e muitas vezes ”amiga-gata”. Sumo, não dou notícias, mas isso não significa que não amo meus amigos. O engraçado é que mesmo sendo mais gata do que cachorra tenho a graça de ter ao meu lado mais amigos cachorros, que me ligam, se preocupam e partilham dos meus momentos mais difíceis.

Principalmente ao longo desse ano, tentei ser a gata escondida, mas aqueles que me amam não permitiram isso e me fizeram entender que nesse momento não só precisava deles, como deveria aprender a ser mais “amiga cachorro”

É isso ai!


bjinhus

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Agora sim, estou no Brasil! Demorei a postar, estava curtindo, descansando e matando a saudade.
Estou bem feliz! Essa viagem foi um sonho... Trago no coração, a certeza de que viajar é uma das melhores formas de estudar, de aprender e ser educado pelo próprio cotidiano a nos envolver. Quando saímos além, nossa visão se torna mais eclética e descobre mais formas do viver humano do que seria possível permanecendo no nosso mundo. Para conhecer melhor os diversos ângulos da vida precisamos estender nossas fronteiras, ultrapassar oceanos, abraçar outros povos e respeitar suas culturas, aprendendo com eles (as).
Gostaria muito de voltar na Europa, conhecer novos países, com o Buiu é claro. Mas não pensei só nele, pensei em tantas pessoas que eu gostaria de compartilhar esse momento, quem sabe na próxima vez eu esteja com algumas dessas pessoas.

Decidi fazer essa viagem em duas semanas, uma loucura, corri atrás do passaporte, comecei a arrumar as malas e no dia 30 de Junho embarquei na companhia de duas amigas e o namorado de uma delas.

Desembarcamos em Frankfurt na Alemanha, quando chegamos a ansiedade era tanta que largamos a mala no hostel (e assim que eles chamam) e fomos explorar, conhecer, foi muito bacana quando percebemos que já era dez da noite e ainda estava claro.

A Alemanha é um Pais extremamente limpo, organizado, as pessoas são silenciosas. Eu visitava as sorveterias da Alemanha diariamente o sorvete de lá é maravilhoso, os preços de roupas, cremes e chocolates também são em conta.

Ficamos os quatro primeiros dias na Alemanha e partimos no trem bala para Paris.

Vejam imagens da Alemanha...

Pretendo contar mais coisas...





quinta-feira, 15 de julho de 2010

COLISEU / ROMA


FIRENZE / ITALIA

CASTELO SAN JERONIMO

VENEZA

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Paris

Voltei para meu querido blog, mas  nao voltei para o Brasil, hoje estou em Paris, seguindo viagem para Roma, Assis, Florença e Veneza. Nao vejo a hora de conhecer o Vaticano e também as cidades vizinhas.
Estou bem feliz e curtindo cada momento unico, é certo que estou com bastante saudade de algumas coisas do Brasil; além da familia e amigos, estou com saudade da comida, aff, nao aguento mais esses lanches e as comidas apimentadas, muitas vezes meu refugio é o Mc donald s rsrsr;
Paris é demais, muitas coisas para refletir neste lugar, ao mesmo tempo que encontramos lindos monumentos, também nos deparamos com muita ostentação, luxo, gastos, as melhores marcas, mas é tudo muito caroooo...
 De fato, coisas maravilhosas existem, por exemplo; o parque do luxemburgo, la é uma paz maravilhosa, silencio e uma bela vista.
Parque do Louxemburgo
Ontem, também fomos a famosa catedral de Notre Dame, realmente é linda, enorme  tinha uma musica de fundo, adoraçao ao santissimo sacramento em varios cantos da igreja, vejam;
Enfim, sao muitas coisas que aos poucos vou contando, preciso sair do computador, sniff...
bjs amo muito tudo isso.

       Museu do Louvre
    Torre Eiffell

domingo, 4 de julho de 2010

Rapidinho

Oi, passei rapidinho só para registrar que hoje, depois de quatro dias, consegui ouvi a voz de alguém no Brasil. Falei com minha irma, meu primo e meu amor, aff... Que sensacao boa.Adorei!
Bjinhus

sábado, 3 de julho de 2010

Castelos na Alemanha

Olá, olá!
Hoje o dia foi bem cansativo, aliás acho que já estou precisando de um dia para dormir sem compromisso e talvez assim me recompor para o próximo passo.
Hoje visitamos um castelo, em Heidelberg, muito louco, com uma vista linda, nunca pensei que iria em um castelo de verdade.
Hum, nao posso deixar de falar que adorei ver a Argentina saindo da copa rsrsrsr! Até pq o clima aqui esquentou a galera está super animada.
Mais algumas coisas da Alemanha: Quase nao encontramos idosos nas ruas, as pessoas sao bem bonitas, o café da manha do albergue, serve até pao integral com gergelim e semente de papoula, entre outras coisas que aos poucos vou contando.
Irma querida, estou com saudade de voce sim...
bjinhus e até mais
Obs. Ainda nao acostumei com o teclado, por isso, cometi alguns erros de digitacao!

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Estou na Alemanha

Olá galera!
Já estou na Europa, exatamente em Frankfurt na Alemanha, tudo tem sido uma aventura, desde a decolagem até agora. Aqui é uma cidade bem bacana, Linda, linda.
Amanha, vamos para Holanda e assim por diante. Aos poucos eu vou contando as novidades.
Estou fazendo um diário de bordo e anotando tudo, para que nada passe sem que eu tenha registros, sejam eles fotográficos ou escritos, afinal esse momento é único, nao sei quando voltarei aqui.
Bom,  onde estou escurece dez horas da noite, a comida tem muita pimenta, o sorvete é maravilhoso e os chocolates também.
O lugar onde estamos hospedadas é lindo parece coisa de filme, aliás estou aqui há apenas um dia e tudo já está magico, só falta o buiu snif...
Depois vou colocar fotos.
bjinhus e até mais
Louvado seja Deus por todas as coisas.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Novidades

Ola, ola! Depois de muitos dias, volto a escrever no meu blog, estava com saudades claroooo, porem estava sem tempo. Tenho muitas novidades...Não sei nem como começar, mas vamos por etapas.



Vamos lá, começo dizendo que a nossa pequena Lara nasceu, estou apaixonada por ela. Ah! Que alegria sinto pelos irmãos Jacson e Bi e desejo a eles muita felicidade sempre.




Outra novidade e que meu querido esposo, com muito merecimento, conseguiu um novo emprego e com isso um grande sonho nosso se realiza, vê-lo sem trabalhar aos domingos, não vejo a hora dele começar, vai ser bacana novo, tudo novo.



A ultima e super mega novidade e que vou viajar para a Europa e faltam apenas sete dias, não vejo a hora. Hoje fechei roteiro e está tudo ok !


Pretendo alimentar meu blog com as novidades da viagem. O primeiro Pais será a Alemanha (Frankfurt e Berlim), depois Paris e vamos para Itália (Veneza, Firenze,Roma e Nápoles). Aff! Meu coração não aguenta!!!(Infelizmente) meu querido esposo não vai, mas será por uma boa causa, novo emprego.


Bom aos poucos vou contando as novidades.


Obrigada querido Deus por todas as bênçãos que tem derramado em nossas vidas, bendito sejas tu por todo o pranto transformado em alegria.
Louvo a Deus pela minha vida.

Obs. Meu teclado esta sem acentos e outras pontuações rsrsrs.





DURAS PEDRAS





No sim existe um não


No céu existe um chão


Vencer também traz perdas


Aceito os meios pra alcançar o fim


Piso as duras pedras para entrar no mar


Mas a calma da água ao beijar a minha sede pela paz me leva


Sentir pode doer


Sorrir pode esconder


Viver tem suas mortes


Aceito os meios pra alcançar o fim...
(Sandy)